quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Parabéns, pai!




Bem, pelo título vocês já puderam perceber que hoje é um dia muito especial para todos da minha família. É aniversário do pai mais coruja e gente fina.
Não há palavras para explicar como estou me sentindo agora. Lembra quando eu disse em outro post que havia uma mistura de sentimento dentro de mim?
Pois é. Hoje eu estou dividida. Ao mesmo tempo em que estou extremamente feliz, estou muito triste. Vou contar o que aconteceu hoje e vocês me entenderão.
Cheguei na escola e disse ao meu professor: "Glenn, hoje é aniversário do meu pai!" E ele disse: "Sério? Então vamos ligar para ele e cantar parabéns!". Se eu explicar como os canadenses e americanos são secos, vocês nunca iriam acreditar que o Glenn é canadense. Ele é o homem mais gentil e o professor mais 'paizão' que eu já conheci. Bom, continuando a estória... Tentei ligar para o meu pai do meu Nextel e adivinhem só? O rádio (não sei porqueeeeee) estava com a minha mãe! Hahaha. (FAIL). Falei para o Glenn: "O rádio não está com ele, e eu não consigo ligar para nenhum celular do Brasil do meu rádio... Mas obrigada mesmo assim." E, para a minha surpresa, ele disse: "Aqui está. Use meu telefone."  E eu: "Não Gleeeeen!!! Fica muito caro. É ligação internacional. Não precisa, obrigada!". Mas ele insistiu e disse: "Não me importo. O que eu quero é ver você e seu pai felizes hoje! É um dia muito especial para vocês. Então tome, ligue para ele." Ah, na mesma hora meus olhos se encheram d'água. Liguei correndo para meu pai e não sei o que houve que caiu no celular de outra pessoa.
Agradeci muito e liguei mais tarde do meu celular (pré-pago, daqui mesmo). E então, quando meu pai atendeu, eu só disse: "Pai, escuta!!!" E então todos os meus colegas cantaram parabéns para ele em inglês.
Acho que não preciso nem dizer o que aconteceu, né? Sim, meu pai chorou. Hahaha.
Meu coração explodiu de alegria porque eu consegui fazer algo especial mesmo estando longe dele.
Cheguei em casa, e a Dionie (minha mãe canadense) e a Debbie (minha irmã canadense) tiveram a mesma idéia. Liguei de novo, e elas cantaram. :')
Meu coração bateu bem forte quando percebi que meu pai gostou das 'surpresas'.
Mas... quando eu paro e penso que estou longe dele, que não posso abraçá-lo e encher o saco dele, fico triste na hora.
Eu e meu pai sempre fomos muito próximos. Temos uma amizade maravilhosa. E ele realmente é uma pessoa incrível. Vocês devem estar pensando: "Claro que ela pensa isso dele, ele é o pai dela, oras!".
Sim, isso é verdade. Independente dos defeitos de nossos pais, nós vamos sempre estar do lado deles, elogiando e dizendo como nós somos felizes por tê-los como pais.
Mas eu tenho inúmeros motivos para ter orgulho dele. Desde pequena tenho ele como meu ídolo, meu herói. É claro que nós temos nossos maus momentos. Somos seres humanos, cometemos erros que às vezes machucam as pessoas que nos amam. Mas tudo bem. Há muito mais momentos felizes do que tristes em nossas vidas.
E eu pude viver vários deles ao lado do meu pai.
Quantas viagens, quantas lembranças...
Quantos conselhos...
Quantas broncas...
Quanto amor.
Meu pai é um sujeito simpático, daqueles que você gosta logo na primeira vez que vê. É brincalhão, engraçado, extrovertido, companheiro. É aquela pessoa que você quer ter por perto pro resto da sua vida.
Ele me enche de orgulho. Ele é pai, marido, professor, aluno... É amigo, companheiro, confidente...


E hoje ele completa 51 anos.

É pai, você está ficando velho. Velho não, maduro... Como você diz, quem fica velho são os outros. Hahaha.
Agradeço por tudo o que você fez e ainda faz por mim. Pela nossa amizade. E, neste dia tão especial, quero lhe desejar tudo de melhor! Que Deus continue te abençoando e te iluminando. E que você seja ainda mais feliz.
Parabéns por ser essa pessoa maravilhosa. Parabéns por ter chegado onde chegou, por ter alcançado seus objetivos.

E, quando você olhar ao seu redor e ver quantas pessoas te amam, não se assuste. A culpa é toda sua. :)
Tenho muito orgulho de você, pai!
Obrigada por existir em minha vida.
E pai... Você é a estrela que mais brilha no meu céu. :')



Eu te amo, Pi.

7 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns ao seu pai.. lembro-me dele: como era divertido, gente boa!

Seu blog está lindo, sempre passo por aqui para ver se tem coisas novas.

Se cuida Má!
Beijos.. sua amiga Helô.

Silvia disse...

Sem comentários.... você é show.....chorei.

Te amo.

Carol Pimenta :) disse...

Aaaai ... CHOREI!
o Tadolfo é mesmo muito especial... :)
Eu fiquei imaginando.
No meu aniversário vc faz isso também ?
*-*

Anônimo disse...

Oi Má!
Tudo bom?
Puxa... que lindo! Adorei as palavras dedicadas ao seu pai!
Vc como sempre essa menina Especial, meiga e carinhosa! Espero que encontre sempre boas surpresas e grandes felicidades por todo seu caminho! Vc merece!!!
Saudades!
Ah, agora acho q vc deveria postar uma foto de uma refeição atual, né??? Kkkkkkk...
Se cuida! Fica com Deus.
Bjocas,
Roberta Zapparoli

Fernanda disse...

Má, que linda!
Muito legal a ideia do seu blog em escrever como estão as coisas por aí. Uma forma de vc se sentir mais próxima e de as pessoas também fazerem parte de tudo isso que vc tá vivendo! =)

Vc consegue passar mto do que sente nas palavras, isso é muito da hora. Vou voltar sempre pra saber as novidades, hein? ;)

Parabéns pela conquista e boa sorte aí! Sucesso!
Bjo bjo

Barbara disse...

Mto lindo.... adorei seu blog, continue escrevendo para agente matar a saldade... bjão

Anônimo disse...

Obrigado por tudo filha.

Você merece tudo de bom.

Sucesso sempre e conta conosco.

Beijão,

Papai